sábado, 14 de novembro de 2015

Baixa umidade do ar em cidades do Ceará pode causar danos à saúde

Proteger a cabeça contra o sol e usar chapéu, roupas leves, calçados confortáveis constituem recomendações importantes
O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) apresentou as condições meteorológicas para asregiões Centro-Sul, Sertões e Sul do Ceará. O estudo apontou que a situação nestas áreas é favorável à ocorrência de baixos índices de umidade relativa do ar, entre 20 e 30%, considerando leve risco à saúde.
Com a baixa umidade, alguns cuidados devem ser tomados para evitar danos, como evitar tapetes ou cortinas, limpar persianas, manter distância de bichos de pelúcia, evitar varrer a casa e utilizar aspirador ou pano úmido, manter distância de cigarro, além de ingerir muito líquido durante o dia. Os cuidados com a pele também são muito importantes. Indica-se o uso do creme hidratante com a pele limpa, para evitar lesões, já que a área fica bem mais vulnerável.

Foram afetados ainda com essas condições climáticas o Centro-Norte, Sudoeste e Sudeste Piauiense; Jaguaribe; Centro-Sul, Centro-Norte, Extremo Oeste e Vale São-Franciscano da Bahia; Oeste e Central Potiguar; Sertão Paraibano; Borborema; Sertão e São Francisco Pernambucano.
Proteger a cabeça contra o sol e usar chapéu, roupas leves, calçados confortáveis constituem outras recomendações importantes. Os médicos também pedem moderação com os exercícios físicos, principalmente nas horas de sol mais forte, pois a seca reduz a capacidade do corpo para a prática de atividades. Os portadores de doenças respiratórias precisam privilegiar ambientes arejados e devem tomar sol nos horários em que os raios estejam mais fracos – antes das 10 e depois das 16h.
Com informações do Governo do Estado Ceará